SITE DO BLOG SOBRIEDADE

CRACK É POSSÍVEL VENCER! HUM! TALVEZ! QUEM SABE...

CRACK É POSSÍVEL VENCER! HUM! TALVEZ! QUEM SABE...

 

BOA NOITE GALERINHA DO BEM! 1° DE SETEMBRO DE 2.019!

DIA DO PROFISSIONAL EM EDUCAÇÃO FÍSICA!

Imagem relacionada

Resultado de imagem para GIF ANIMADO VOVÓZINHA CAMINHANDO

Solte a voz nas estradas! não é prá soltar a vovózinha não hein?  É A VOZ E NÃO AVÓS! kkkkkkkkkkkkkkkkk

Cuidados com a voz

  • Fazer uma alimentação equilibrada, rica em fibras e proteínas
  • Beber bastante água e praticar exercícios físicos
  • Não gritar em excesso nem em tom agudo
  • Falar pausadamente
  • Não fumar nem abusar de bebidas gasosas
  • Dormir bem
  • Comer maça faz muito bem para a "limpeza" das cordas vocais

Sintomas de doenças da voz

Entre os principais sinais de alerta de prováveis problemas vocais:

  • Alterações na voz;
  • Tosse frequente;
  • Alterações no timbre da voz ou dificuldade em colocar a voz;
  • Pigarreia ou rouquidão com frequência.

 FONTE www.amambainoticias.com.br  - GRATO.

 

Mexa-se contra o câncer de mama.

Resultado de imagem para GIF ANIMADO MEXA SE

De acordo com a Secretária de Saúde, se descoberta precocemente, o tratamento da doença é simples e, às vezes, só uma cirurgia resolve.
Todas as mulheres com mais de 40 anos devem realizar mamografia.

Não esqueçam, nada de esperar Outubro para fazer seus exames não; todo dia é dia de prevenção.

É um direito de todas as mulheres, é um dever do Estado.

 

RESPEITO COM OS IDOSOS!

Penso que seja um tema para reflexão: como estamos tratando nossos idosos? com a dignidade que os mesmos merecem? respeitando-os? honrando-os? aproveitando sua sabedoria e experiência?

Penso que não.

Mas................... tem sempre um mas não é não? se.......... a vida seguir seu curso normalmente, sem contratempos, todos seremos idosos um dia.

E AGORA JOSÉ? E AGORA JOÃO? E AGORA MARIA? E AGORA MARINA?

Vejo sempre em outdoors, anúncios publicitários a seguinte frase estampada:

"CUIDAR BEM DO IDOSO, É RESPEITAR O NOSSO PRÓPRIO FUTURO".

ENTÃO SE LIGA!

Sei que alguns ex-usuários dessa substância "maledeta", não gostam de ver cartazes, ou fotos com a mesma, mas é preciso ser impactante, é preciso mostrar e tocar as pessoas com relação a esse cancro que está disseminado entre nossos entes queridos.

Já não posso nem dizer entre a juventude, mas disseminando o terror e a abominação em todas as faixas etárias, já que citei e cito quase que diáriamente, sobre a juvenilização e, principalmente sobre a senilização das drogas, mórmente o crack e o álcool.

Me perdoem então meus amigos, minhas amigas ex-usuários/as, mas a idéia é ser impactante realmente.

Obrigado.

Em 15 de Janeiro de 2.012, post do Blog da Sobriedade falava sobre a liberação de R$ 4 bilhões por parte do Governo Federal para a Campanha Crack é Possível Vencer.

Em Julho de 2.013, passados um ano e meio, assisti matéria no Bom Dia Brasil da Rede Globo, dando conta que dos R$ 4 bi, sómente haviam sido investidos R$ 1,5 bi.

A previsão era para que o valor total fosse consumido até 2014.

Estamos chegando ao final de 2.019 já e continua tudo como dantes no quartel de abrantes pois, o governo tem outras prioridades né não?

Não se fala e nem se falará mais em Crack é Possível Vencer, aliás, há mais ou menos 2 anos, Dona Dilma só ia para a TV aos berros, prá dizer que o impeachment era golpe, mas governar que é bom: NECAS DE PITIPIRIBAS!

O governo Bolsonaro, a bem da verdade, tá tentando apagar incêndios em todos os setores e literalmente os incêncios na Amazônia...... vai se lembrar de Crack é possível vencer?  creio que não. Mas eu acredito, preciso acreditar, precisamos acreditar...........

 

Peguem de volta todo o dinheiro da corrupção, todo o dinheiro dessa sangria que não cessa, e teremos dinheiro para combater o crack, a desnutrição,  a violência, a falta de hospitais, teremos dinheiro para todas as nossas necessidades.

 

 

Existiam outras previsões como por exemplo, totalizar 175 Centros de Atenção ao Usuário e, até Agôsto/2013 existiam sómente 34 (lá se vão 6 anos/+ um pouquinho e nada foi feito) ; 2.462 leitos (não sei de onde tiram esses números) e só existiam também 571 e, finalmente o número de Consultórios de Rua previstos pelo plano seria de 308 e até a época sómente 84 haviam sido efetivados.

Creio, que os números não aumentaram significativamente; se sim..... me perdoem, mas repito não creio.

O Governo Federal afirmava ainda, um ano e meio após o lançamento do plano, não possuir o Mapa das Cracolândias no País. Isso foi cômico realmente..............

Meu! não vou ficar aqui atirando pedras. Por inúmeras vezes citei aqui no site mesmo como os problemas se auto-resolvem no Brasil.

No Bom Dia Brasil tempos atrás quando falava sobre drogadição, citou-se o exemplo de Alagoas que segundo o Jornal, seria referencia no Brasil (tomara que sim mesmo).

Em contrapartida, Salvador na Bahia não possuia nenhuma espécie de atendimento aos usuários/dependentes principalmente do crack.

Sei e todo mundo sabe, que nosso País tem dimensões continentais! existe muita diversificação de culturas, governos de situação, de oposição, governos nem de um nem de outro, tudo isso é sabido e aceito por todos e, por mim também óbviamente.

6 anos após o OBA-OBA do lançamento do plano ( o post foi escrito em agosto/2013), víamos que menos da metade das metas haviam sido atingidas e, que também faltava à época, apenas 5 meses para 2.014 e repito então.................... não tinham o Mapa das Cracolândias no Brasil? AI AI AI AI AI!

Ah tá! então tá! o Obama sabia até o que a Dilma comia durante o almoço, 

e um ano e meio após o lançamento do plano não tinham Mapa das Cracolândias? então, num futuro bem próximo espero eu, teremos que recomeçar, porém, precisaremos mudar a denominação tipo: Crack é possível vencer......... quando der, quando tivermos eleições novamente! quando mapearmos as cracolândias! quando............................. OPS! 

E nas campanhas ano que vem para Prefeitos e Vereadores, o crack voltará a encabeçar as promessas emocionadas dos candidatos e candidatas, podem acreditar........

Só falando um pouquinho mais sobre..........

Droga nefasta - "Comparado a outras drogas, o crack é sem dúvida a mais nefasta, porque produz rapidamente a dependência: sob a compulsão pela substância, o usuário desenvolve comportamentos de risco, que podem chegar à atividade criminosa e à prostituição", diz Solange Nappo, da Unifesp. Pablo Roig, psiquiatra e dono de uma clínica de tratamento de dependentes químicos, acrescenta que a dependência chega a tal ponto que "o usuário perde a capacidade de decidir se usará ou não a droga".

A mancha do crack se espalha entre usuários de drogas devido a uma combinação de acesso econômico e potência química. Jairo Werner, psiquiatra da Universidade Federal Fluminense e da Universidade Estadual do Rio de Janeiro, chama a atenção para a relação "custo-efeito" da droga. "A relação entre preço e efeito faz do crack uma droga muito popular, de fácil acesso", diz. Ele explica ainda que os traficantes desenvolveram uma verdadeira estratégia para ampliar o mercado da droga: a "venda casada", de maconha mais crack. "No primeiro momento, a maconha dá um relaxamento e o efeito do crack é mitigado. Depois, o usuário resolve experimentar o crack puro e sente um efeito muito mais poderoso."

Começam, então, as mudanças de comportamento. Além de graves consequências para a saúde, a droga provoca no dependente atitudes violentas. "Ele fica alterado, inquieto, irritado e, em geral, passa a se envolver com a criminalidade como nenhum outro usuário de drogas", diz Laranjeira, da Associação Brasileira de Psiquiatria. "A única prioridade é a droga: a saúde, a família, o trabalho e os amigos ficam de lado. É uma mudança total no esquema de vida e estrutura de valores", acrescenta Roig.

Estimativas americanas apontam que, a cada dólar gasto no combate às drogas, a sociedade economiza até sete dólares em despesas com hospitais, segurança pública e acidentes de carros, entre outros. No caso devastador do crack, fica evidente que a cruzada antidroga pode economizar ainda mais vidas.

 

 Star Wars Episódio V: O Império Contra-Ataca ( he he he he )

E as campanhas preventivas? a bem da verdade, assisti algumas, muito bem elaboradas (nossos publicitários são primeiro mundo realmente-talvez até melhores), mas poucas, aliás pouquíssimas.

E as campanhas explicando à população de modo geral sobre os malefícios do álcool? ah não tem? cervejarias patrocinaram e patrocinarão novamente    muitas Copas do Mundo né? hummm! entendi de novo! 

Assistindo a final da Eurocopa passada, pude constatar uma grande marca de cerveja patrocinando a mesma.............. a Fifa se rendeu..... o Brasil então! ferre-se o Estatuto dos Torcedores!

Já citei "ostrocentas mil vezes", mas vou citar novamente: " O Dr. Antonio Nery Filho, criador do primeiro consultório de rua, um mecanismo relativamente novo na abordagem aos usuários de drogas, afirmou o seguinte quando do lançamento do plano lá em finais de 2.011/começo de 2.012: "o crack foi alçado a uma posição na saúde pública brasileira que não corresponde à realidade.

Sobretudo se comparado ao álcool e tabaco(...) ele se reduz a uma população específica (...) não tem uma dimensão que mereça esse engajamento (do Governo Federal).

Bom! suponhamos que haja! não estão cumprindo o anunciado!

AH NÃO? um amigo meu diria: conta uma nova Carlão! essa já é velha! humpf!

Outra coisa que vou dizer também pela enésima vez: nada tenho contra quem bebe, contra quem fabrica, contra quem vende bebidas alcoólicas!

O problema é que a mídia massacra nossos ouvidos e nossas mentes endeusando uma substância que: é droga! causa dependência e dependência brava! provoca acidentes de trânsito! provoca acidentes de trabalho e/ou baixas expectativas no próprio trabalho! provoca e muuuuuito violência doméstica!

E não há contra-partida na mesma proporção explicando e mostrando os malefícios!

Ah! todo mundo sabe disso Benatti! hummmm sei não.

Olha só! segundo a OMS (Organização Mundial de Saúde), o álcool é responsável por mais de 2 milhões de mortes em todo o planeta (tem noção do custo de tudo isso?)

No Brasil são 19 milhões de pessoas que sofrem de dependência ou abuso do álcool, e sempre faço uma conta bobinha: se considerarmos uma população de 190 milhões de Brasileiros, esse número assume uma proporção assustadora e alarmante de 10% do total da população brasileira.

Então, assim como o crack e outras drogas, informem à população sobre os malefícios do álcool, principalmente aos jovens, aos adolescentes e, principalmente às crianças.

Porque não se dimensiona o álcool da mesma forma que o tabaco foi dimensionado?

O alcoolismo é uma doença familiar! o dependente está no fundo do poço e a família está lá também! (assim como as outras drogas).

Estamos no ano 19 do novo milenio! hoje fala-se em "salvem o planeta", "ecologia", "qualidade de vida" e porque não tratar o álcool como deve ser tratado? COMO DROGA QUE É.

Precisamos combater o crack e outras drogas sim! mas (tem sempre um mas né Carlão? diriam meus amigos!) que se mostre à nossa juventude principalmente os malefícios que a dependência do álcool acarreta, na mesma proporção em que a Mídia nos massacra com a oferta do produto.

E olha só! apesar de alguns "teóricos fanfarrões de plantão" não concordarem, digo e repito: o álcool é a porta de entrada para todos os outros tipos de drogas.

PENSEM NISSO!  mão pra baixo negativo